quarta-feira, 21 de março de 2012

- o Balde.

Antes de qualquer coisa, eu já vou chutar o balde e dizer que eu te quero! É, eu não tenho medo, vergonha ou pudor em afirmar que te quero. Que sinto saudades de você, dos teus carinhos. Sua mão é ausência que me angustia a alma. Longe dos teus beijos minha boca fica ressecada, ansiosa. Longe dos teus abraços, meu corpo treme, nervoso, impaciente. Quero-te, te quero e te quero. Mais, muito mais do que você imagina. Não consigo esquecer o último beijo, a última carícia, vem tomar posse de mim, eu me entrego com corpo, alma e sonhos.entrego meu desejo nas tuas mãos. Vem sentir o pulsar do meu coração. Vem tomar posse de mim. pra que? por quê? Se te QUERO, se me queres, tem que ser agora! Eu vou, eu sou, eu quero, eu desejo, eu sou, e é você que me faz desejar a vida, e a vida, hoje, neste momento, é você. Preciso dizer mais?

5 comentários:

Jéssica do Vale disse...

O querer é tormento.
Ponto.

Alex Monteiro disse...

ótimo texto...
Expressou tudo de uma maneira bem informal, gostei muito :)
http://cantinhocomtudo.blogspot.com.br/

Reload Aon disse...

Gostei do texto e ao mesmo tempo achei engraçado você batendo na mesma tecla do "te quero" kkk mas quando amamos, somos assim mesmo né, sempre persistindo nas coisas. Muito bom, parabéns.

Passa lá?
http://reload-aon.blogspot.com.br/

Clarinha disse...

Nossa, amei esse texto!Escrito de uma forma que eu nunca tinha visto antes. Blog lindo

Bjs
http://www.maviealeatoire.blogspot.com.br/

colibri esverdeado disse...

Que blog tão original e interessante :) Vou seguir!