quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

- Picasso

Se você conheceu um Homem corajoso que admitiu todos os medos, todas as neuroses, todas as inseguranças, toda a parte feia e real que todo mundo quer esconder com bermudas quadriculadas, camisas muito coloridas, muito dinheiro, bundas falsas, bebidas, poses, frases de efeito e risadas altas. ninguém nunca me viu tão nu e transparente como você, ninguém nunca soube do meu medo de nadar no mar de madrugada, de amar demais, de se perder um pouco de tanto amar, de não ser bom o suficiente. só ele viu meu corpo de verdade, minha alma de verdade, meu prazer de verdade, meu choro baixinho embaixo da coberta com medo de não ser bonito e inteligente. só para ele eu me desmontei inteirao porque confiei que ele me amaria mesmo eu sendo desfigurado, intenso e verdadeiro, como um quadro do Picasso. e será ele até o fim.

2 comentários:

Jotta disse...

Infelizmente poucas, pouquissimas pessoas estão preparadas para as almas desnudas.
Geral gosta merrrmo é do joguinho, do faz-de-conta, da mentirinha... Ou seja, o povo adora é ser enganado!!!
Parabens pela coragem de ser!!!

bços

Ed Anjos (y) disse...

Ei Bundas falsas, adooreeey *.*
skpaokspoaksokaspo'
esse fds siim, eeh nós *.*