terça-feira, 9 de dezembro de 2008

- Te ordenar.

e eu tenho vontade de segurar seu rosto e ordenar que você seja esperto e jamais me perca e seja feliz. e entenda que temos tudo o que duas pessoas precisam para ser feliz. a gente dá muitas risadas juntos. a gente admira o outro desde o dedinho do pé até onde cada um chegou sozinho. a gente tem certeza de que nenhum perfume do mundo é melhor do que a nuca do outro no final do dia. a gente se reconheceu de longa data quando se viu pela primeira vez na vida. e você me olha com essa carinha banal de "me espera só mais um pouquinho". querendo me congelar enquanto você confere pela centésima vez se não tem mesmo nenhum Homem melhor do que eu. e sempre volta. volta porque pode até ter uma coxa mais dura. mas não tem nenhum melhor do que eu. não tem. porque, quando você está com medo da vida, é na minha mania de rir de tudo que você encontra forças. eu sei de tudo. e eu passei o último ano escrevendo sobre como você era especial e como eu te amava e isso e aquilo. mas chega disso. caiu finalmente a minha ficha do quanto você é, tão e somente, mais um cara . e do quanto você jamais vai encontrar um homem que nem eu nesses lugares deprê em que procura. e do quanto a sua felicidade sem mim deve ser pouca pra você viver reafirmando o quanto é feliz sem mim e principalmente viver reafirmando isso pra mim. sabe o quê? eu vou para a cama todo dia com um livro, uma xícara de café, um cigarro qualquer e uma saudade imensa de você. ao invés de estar por aí caçando qualquer mala na rua pra te esquecer ou para me esquecer. porque eu me banco sozinho e eu me banco com um coração. e não me sinto fraco ou bobo ou perdendo meu tempo por causa disso.

2 comentários:

Jotta disse...

mamamamamas...
Isso diz tudo e mais um pouco, e com todas as letras!!!!

Bem feito...

Ed Anjos (y) disse...

Muito bom, passei até mal.
skoaksopak'