quarta-feira, 18 de março de 2009

- Faço mesmo.

Somos o que falamos, comemos, vestimos.
Eu acredito que somos almas dentro de corpos – o nosso corpo – que nem sempre é nosso. Quando bate aquela velha coceira nas pernas e você vai para as ruas emprestar seu corpo ao prazer, todos vêem, todos tocam é só chegar e se oferecer.
Eu não entendo como pode ser tão prazeroso alguém te arrancar um beijo te puxar pro canto ou mesmo num banheiro publico te arrancar suspiros, gritos, gemidos e gozos.
Não eu não to fazendo programa – nem to falando de prostituição – eu falo do prazer

eu faço por prazer.

4 comentários:

Jotta disse...

Prazer em conhecer...

bços

Ed Anjos (y) disse...

'

fazemos por prazer.
tu é foda.

NanY|zinhaa~* disse...

A diversão traz o prazer, se não for por prazer não vale a pena. (;
adorei o texto

MorDax disse...

o prazer é a unica coisa que vale a pena.. ;DD


adoooro "arrancar suspiros, gritos, gemidos e gozos." (66...

=*