sexta-feira, 7 de novembro de 2008

- Custa nada tentar..

Tentei,
inutilmente, mais tentei
te dizer o quanto importa pra mim. tentei fazer com que se importasse também. grande coisa, isso de você ser assim, tão superior em alguns aspectos pouco (ou quase nada) práticos.
eu não ligo se sabe dizer o mesmo palavrão em oito línguas. podiam ser doze e seria a mesma merda. eu poderia te mostrar algumas coisas que sei e você se surpreenderia.
também sei que eu poderia ser mais interessante e talvez mais elegante.
eu poderia falar alemão, francês mais mal falo portugues;
ou combinar o cinto com o sapato. mas, perto do que eu sinto, tanto faz o sapato.
tanto faz se o lixo de sexta ainda fede na cozinha ou se beberemos aquela cerveja que posso pagar. eu não ligo mais. acordo todos os dias e procuro não pensar em nada. apenas faço o que parece necessário e o que parece que preciso fazer. não questiono mais se o que faço é útil ou importante. apenas faço. como a puta que obedece às ordens do cliente.
me fodo todos os dias e nem gozo.
faz tempo que eu desisti de tudo isso que você e todo mundo procura.
e ainda assim, eu não me sinto inferior. dói do mesmo jeito. pra todo mundo.

2 comentários:

Jotta disse...

Fudencio já dizia:
"só me fodo nessa merda"!
Mas, se pra isso ñ tem jeito, pra todas as outras existe master... ah q se foda!
a vida é assim merrrmo e nós no meio da vida... caraca, hj eu num disse coisa com coisa né?
love-te

Ed Anjos (y) disse...

Eu só fico passado cada dia que leio aqui.
E Justo, vc é muito mais do que isso Tudo, aah é.