segunda-feira, 24 de novembro de 2008

- Inveitei você.

-Quem inventou você fui eu,
porém eu tenho que desinventar, pro bem.
preciso me livrar de tudo o que é você.
um espaço pra criar um outro alguém. na pressa de suprir você, errei.
só me esbarrei em desamor, tentei. preciso me soltar de tudo onde há você.
se vai passar alguém, eu já nem sei. e então esse tempo fez deslembrar, vai ser um bom momento pra me filtrar.
voltei pra te ver, mas sem te inventar.
pra saber se vou chorar. voltei pra te ver,
mas sem te inventar ressaber se vai passar.~

3 comentários:

Hugo Raffael disse...

*-*
Lindo teu texto!

~E tah sempre por aki msm neah?
diáriamente!
=)

hj tow de folga por aki! uhahuauha'
nem gostuu!

xero moço, c cuida!

Ed Anjos (y) disse...

Tou contigo amigo (y)'

Jotta disse...

Olha só Tiu, q síndrome de Einstein é essa?!
Vai ali na rua da Moeda e toma uma cana, depois passa no quintal do lima e toma outra q tu melhora, ou piora. sei lá... Mas, passa lá q é sempre bom...
bços